Sejam bem-vindos(as) e sintam-se convidados(as) a participar do blog Filósofo dos Livros com sugestões, comentários, críticas, dúvidas, compartilhamentos ou só com um “oizinho” de vez em quando!

quarta-feira, 13 de maio de 2015

Simplesmente Amor

Jonathan acordou super feliz! No dia anterior, havia dado o seu primeiro beijo. A felicidade era total! Levantou-se mais rápido do que de costume. Caprichou no banho. Tomou o seu café e saiu correndo para ir à escola. Sua mãe estranhou tal disposição.
Na escola, o olhar de Carolina cruzou com o seu. Difícil era controlar a emoção e segurar a vontade de se beijarem no pátio da escola. Na sala de aula, o tempo todo trocavam olhares. Minutos pareciam horas. Os dois não viam a hora de chegar o intervalo.
Que coisa bonita é o amor adolescente! Bateu o sinal do recreio. Os dois foram se encontrar num canto reservado do pátio e ali houve o segundo, o terceiro e o quarto beijo. Depois disso, andaram de mãos dadas.
De repente, todas as garotas que nunca tinham olhado para Jonathan perceberam o quanto ele era gato. Parecia que ele estava mais atlético. Havia um brilho diferente em seu olhar e uma postura de segurança que o garoto nunca apresentara antes.
Em relação à Carolina, não houve diferença. Ela sempre foi a garota mais bonita da escola. Talvez, a única coisa que surgiu foi um certo questionamento por parte dos colegas. O que fez Carolina olhar para Jonathan?
Ninguém sabia responder a pergunta. Mas isso são coisas do amor. O intervalo foi rápido e logo tiveram que voltar para a sala de aula. Olhares de inveja passaram a surgir em volta do novo casal. 
O tempo durou a passar. Mas quando deu o final da aula, os dois saíram feito loucos para poderem se beijar e trocar confidências de amor. Nem perceberam que era a hora do almoço. A fome passou despercebida. Um celular toca. São os pais de Carolina querendo saber onde a filha estava. A menina teve que inventar uma desculpa pela demora, mas resolveu se despedir. O coração de Jonathan sentiu uma pontada de tristeza.
Em casa, Jonathan não conseguia parar de pensar em sua namorada. Começou a desenhá-la de todas as formas e cores. Pendurou seus desenhos na parede do quarto. Sua mãe descobre a arte do filho e compreende que ele está apaixonado. Ficou fácil identificar que a menina era Carolina, afinal ela já a conhecia desde pequena. Ficou feliz pela escolha do garoto.
Horas demoraram para se passar. A noite, Jonathan entra em seu facebook e vê recados inbox de Carolina. Na casa de Jonathan,  existia uma regra que ele só podia utilizar a internet durante a noite.
Carolina aparece online e os dois ficam tal qual Romeu e Julieta sem famílias inimigas. Todos os desenhos de Jonathan foram digitalizados e Carolina fica impressionada com tanto carinho.
Muitas horas depois, os dois tiveram que dormir. Cada um sonhou com o outro. No dia seguinte, a disposição de Jonathan se repetiu. Porém, ao chegar na escola, Carolina não estava. Ligou para o celular da garota e nada de resposta. O que teria acontecido?
Foi a manhã de aula mais demorada que se passou. Quando acabaram as aulas, Jonathan foi correndo para a casa da menina. Nada havia acontecido. Simplesmente Carolina não conseguiu acordar no horário e perdeu as aulas. O motivo para não atender o celular foi um castigo que seus pais impuseram. 
Aproveitando o momento, a mãe de Carolina resolveu colocar algumas regrinhas para o namoro. Jonathan ficou meio constrangido com a situação, mas não foi tão ruim assim. O menino teve que almoçar na casa da namorada e saborear uma deliciosa lasanha.
Depois do almoço, saíram juntos de mãos dadas. O tempo se passou e hoje, os dois estão casados e felizes. Quem disse que para ser uma boa história de amor deve haver grandes conflitos e lutas para que o amor vença no final? Jonathan e Carolina são o exemplo de que o amor pode ser uma coisa tranquila.

Um comentário:

  1. Oie! Tudo bem?

    Que bacana o texto/conto *-* Achei super fofo e, sabe, eu sou um dos que ainda acredita no amor verdadeiro, espero em breve encontrar a minha Carolina :3

    Abs!

    Leitura Silenciosa | Blog | FanPage

    ResponderExcluir

Seu comentário é importante para mim.
Deixe sua opinião, pois vou amar saber o que você pensa!