Sejam bem-vindos(as) e sintam-se convidados(as) a participar do blog Filósofo dos Livros com sugestões, comentários, críticas, dúvidas, compartilhamentos ou só com um “oizinho” de vez em quando!

segunda-feira, 27 de julho de 2015

Ela, Cinderela - Autor Clayton de La Vie - Resenha


Olá Criaturas do Mundo da Leitura!
Mais uma vez nos encontramos para falar de livros. E hoje, vou destacar um livro bem especial. Muito mais que assustador, creio que o livro escrito por Clayton De La Vie  é uma leitura mórbida. E diga-se de passagem, é uma leitura mórbida bem interessante.
Nessa versão de Cinderela, não teremos nada de sapatinhos de cristal e nem de abóboras se transformando em carruagens. Acredito que é essa mudança que faz com que esse conto seja bem mais surpreendente do que a versão tradicional.
Na versão original, estamos acostumados a ver uma Cinderela totalmente submissa e que aceita tudo calada. Aqui, vemos uma jovem meio rebelde. Não é que ela não obedeça sua madrasta. Ela obedece, porém muitas vezes responde com certas malcriações.
A história nos conta que seu pai Gregório vem a falecer. Não irei contar o motivo de sua morte que é meio assustadora. Com a morte de seu pai, Cinderela se torna empregada de sua madrasta Cassandra e de suas irmãs que são a Blair e a Margo.
O livro vai nos fornecendo certos detalhes bem estranhos a respeito de Cinderela. Com o decorrer da história, sabemos que irá acontecer um baile para que o príncipe Harry possa encontrar sua futura esposa.
A jovem Cinderela deseja de todo coração ir ao baile. Mas antes de se preparar para o evento, ela faz uma estranha visita a floresta. O que acontece daí em diante? Garanto que os acontecimentos são mórbidos e horripilantes. Para saber o desfecho, vocês terão que comprar o livro, clicando aqui.
Para finalizar, só posso dizer que não conte essa versão é totalmente proibida para menores de 18 anos e pessoas com problemas cardiovasculares.
Beijo no coração e até a próxima postagem!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é importante para mim.
Deixe sua opinião, pois vou amar saber o que você pensa!