Sejam bem-vindos(as) e sintam-se convidados(as) a participar do blog Filósofo dos Livros com sugestões, comentários, críticas, dúvidas, compartilhamentos ou só com um “oizinho” de vez em quando!

terça-feira, 5 de abril de 2016

Parceria com Carlos Adriano Estevez

Olá Galera!!!!
Vocês já devem estar pensando!!! As parcerias desse blogueiro e booktuber não acabam nunca? Pois é... Agradeço a Deus por esses escritores maravilhosos apreciarem o meu trabalho da mesma forma que eu amo os livros deles. Estou muito feliz com essas parcerias.
Dessa vez, firmei parceria com o autor Carlos Adriano Estevez que entrou em contato comigo para pedir dicas de divulgação de seus livros. Conversamos e ele acabou me oferecendo seuss livro para resenhar. Ou será que fui eu quem pediu essas obras esplendorosas? Não lembro. Mas o importante é que a parceria está realizada e logo, haverá resenha nova no canal.
Vamos conhecer um pouquinho da vida do autor e a sinopse do livro Exilado 1 e Exilado 2, publicado pela Editora Multifoco.

Minibiografia
Carlos Adriano Estevez nasceu e cresceu em Campinas, interior de São Paulo. Aos 13 anos de idade, se enveredou pela música, nas aulas de guitarra da saudosa Cromat. Durante a adolescência, fez parte de diversas bandas cover de rock’n’roll, ora como cantor, ora como guitarrista, ora como as duas coisas. Em 2009, passou a se dedicar ao trabalho autoral. Inquieto, quando não está compondo ou gravando, está escrevendo e vice-versa. Em Exilado, sua primeira publicação, Carlos traz um tanto dessa inquietude. Com uma visão crítica, ácida e muito senso de humor, ele leva o leitor a um universo fantástico que é desconfortavelmente realista e mostra que ainda tem muito a dizer, seja em partituras ou outras linhas.

Sinopse Única para os dois volumes
Emiliano Ruas é gerente de um banco de investimentos que sofre de insônia e dores de estômago desde que sua mulher desapareceu. Ou melhor, desde que ele recebeu um email em russo. Ou melhor, desde que um cara que mais parecia um Testemunha de Jeová fugido da Ilha de Lost apareceu e lhe deu um livro. As histórias narradas no Diário e no Livro Sem Nome vão se mostrando conectadas e, enquanto luta para sobreviver e reencontrar sua mulher, Emiliano vai descobrindo sobre si mesmo e seu passado. Para isso, ele conta com a ajuda de um homem misterioso que parece uma versão russa de Salvador Dali e de um gênio argentino chamado Baby Pênis.

Abraços e aguardem a resenha dos livros.

5 comentários:

  1. Muito legal adorei esta parte da sinopse " desde que ele recebeu um email em russo. Ou melhor, desde que um cara que mais parecia um Testemunha de Jeová fugido da Ilha de Lost apareceu e lhe deu um livro" Demais
    Parabéns pela parceria.

    ResponderExcluir
  2. Parece ser bem engraçado kk vai para minha lista de desejos.

    ResponderExcluir
  3. Esse livro me parece ser aquelas leituras bem leves e cômicas. Parabéns pela parceria.

    ResponderExcluir
  4. Adorei! Aguardando a resenha. Como podemos comprar o livro?

    ResponderExcluir
  5. Uau, parabéns pela parceria que Deus continue abençoando seu blog!

    ResponderExcluir

Seu comentário é importante para mim.
Deixe sua opinião, pois vou amar saber o que você pensa!