Sejam bem-vindos(as) e sintam-se convidados(as) a participar do blog Filósofo dos Livros com sugestões, comentários, críticas, dúvidas, compartilhamentos ou só com um “oizinho” de vez em quando!

sexta-feira, 13 de maio de 2016

Plágio Literário: A Sucessora e Rebecca


Olá, Meus Amigos do Mundo Literário!!!
É comum dizer que brasileiro copia tudo dos estrangeiros. Mas será que isso é realmente verdade? Será que somos "copiões"? Talvez, façamos cópias de muitas coisas, mas há casos em que pessoas também nos imitam ou realizam o tal famoso plágio. Vou contar uma história em que uma brasileira foi plagiada.
No ano de 1934, a autora Carolina Nabuco, pertencente a uma família tradicional da sociedade carioca, publicou o livro "A Sucessora". Parece que a obra não fez grande sucesso, embora trouxesse uma história incrível de caráter psicológico.
Cena do filme "Rebecca, a Mulher Inesquecível"
Passam-se alguns anos. Em 1938, uma escritora britânica chamada de Daphne du Maurier publica a obra "Rebecca, a Mulher Inesquecível". O livro teve um certo reconhecimento e foi adaptado para o cinema em 1940.
No final dos anos 70, a Rede Globo adaptou o livro de Carolina e surgiu a novela "A Sucessora". Nesse momento, ocorreram comparações entre as duas histórias. Ambas trazem elementos centrais comuns. Falam de uma mocinha que se apaixona por um viúvo e são atormentadas pela governanta que tem uma verdadeira devoção pela falecida. Além disso, a presença da mulher morta exerce fascínio na vida de todos os parentes e amigos que frequentavam sua casa. A autoestima da jovem esposa é abalada por todas essas circunstâncias. E algo bem marcante é a presença do quadro da falecida em destaque na Mansão. Apesar da beleza da mulher, sentimos um certo medo ao contemplar a imagem.

Alice, a esposa falecida da novela "A Sucessora"

Não tive a oportunidade de ler as obras. Mas assisti ao filme e à novela. As semelhanças são notórias, porém existem elementos que as diferenciam e que tornam interessante analisar as duas versões. Dizem que antes da publicação, Carolina traduzira seu livro e o enviou a uma agência literária de Nova York, pedindo que fizesse contato com agentes literários da Inglaterra. É possível que Daphne du Maurier tenha lido a obra de Nabuco e realizado o plágio. Afirma-se que a autora de "A Sucessora" leu "Rebecca" e já havia processado sua plagiante, porém não obteve sucesso em seu ato.
Box "A Sucessora"
Para o público, tais rivalidades ficaram escondidas e só vieram a tona com a exibição da novela "A Sucessora". Pelo fato do filme "Rebecca, a Mulher Inesquecível", dirigido por Alfred Hitchcock, ter sido exibido antes e alcançado um enorme sucesso, passou-se a imagem de que Carolina Nabuco foi a plagiária. Não podemos afirmar que Daphne imitou Carolina, entretanto é evidente que a escritora brasileira foi original e não poderia ter copiado a história da britânica. Dúvidas permanecerão para sempre.
Rubens de Falco e Susana Vieira
protagonizaram a Novela "A Sucessora"
Gostaria de saber a opinião de vocês. Será que Daphne du Maurier plagiou Carolina Nabuco?
Ah, antes que eu me esqueça, ouvi dizer que Daphne du Maurier é o pseudônimo de um escritor, porém não encontrei nenhum artigo que me fornecesse uma prova contundente a respeito disso. São tantos mistérios envolvendo o caso.
Se você desejar comprar as obras para compará-las, encontrará o livro de Nabuco em sebos. Já a obra de Daphne pode ser encontrada na Saraiva, clique aqui.
Você também pode comprar os DVDs da novela "A Sucessora", basta clicar aqui.
Que tal assistir ao filme "Rebecca, a Mulher Inesquecível"?


Agora, vocês podem adquirir elementos para realizarem as devidas comparações. Repito que aguardo a opinião de todos.
Abraços!!!

17 comentários:

  1. Plágio literário é sempre um assunto muito polêmico! O que acontece é que muito se fala que se faz plágio da obra de determinada pessoa, porém quase sempre não se prova o que foi dito. Sendo assim fica difícil julgar se o fato é verdadeiro ou uma mera picuinha, misturada de inveja, gostei da matéria super interessante. Abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Agradeço sua presença, meu amigo Luciano!
      Suas opiniões são sempre inteligentes e enriquecem o conteúdo do blog.
      Abraços!!!

      Excluir
  2. Respostas
    1. Vc tem que assistir ao filme Rebecca e à novela. São fabulosos.

      Excluir
  3. Ótima matéria! Não conhecia a obra, mas vou pesquisar a respeito delas.
    www.detudopouco.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu gostaria de saber mais coisas sobre essa questão. O filme e a novela são maravilhosos, Silvânia.
      Obrigado pela sua presença aqui!!!

      Excluir
  4. Respostas
    1. Gostou tanto que comentou duas vezes. Obrigadoooo!!!

      Excluir
  5. Gostei muito da matéria Fernando, e como eu amo um bom mistério vou amar comparar as obras e descobrir mais sobre o assunto. haha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quando fizer as comparações, conte-me o que concluiu, Cristy. Estou ansioso para saber!!!

      Excluir
  6. Gostei dessw post fica a dica para julga né?Tipo muitos abrem a boca e diz com todas as letras fui plagiada e nem sempre tem como provar de que reaomente tal texto ou tal livro foi plagiado!

    ResponderExcluir
  7. Adorei o post, parabéns!
    Ah, to achando que essa ou esse Daphne plagiou a Carolina sim!!
    A Carolina publicou antes e seria mais difícil ela conseguiu o livro de uma britânica também. Já a/o Daphne teria mais facilidade tendo em vista que a Carolina enviou o livro traduzido.
    Mas também pode ser coincidência,nunca se sabe né... Eu também achei ambas histórias parecidas com Encarnação de José de Alencar, apesar que o livro do José é mais rápido não tão aprofundado.
    Vai entender, só sei que é duro ter uma obra plagiada e ainda a dita cuja fazer mais sucesso kkkkkk
    Mas talvez seja algum tema de época, como hoje os livros eróticos são muito falados. Um exemplo é Dom Casmurro, que comparam com Otelo, li os dois e não acho muito parecido, mas dizem que Machadão se inspirou nele, então não chega a ser plágio, só um toque de inspiração kkkkk
    Amei mesmo o post, muito interessante.
    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vai ver que a Carolina plagiou o José de Alencar e depois ficou criticando a Daphne, kkkkk

      Excluir
  8. Duas pessoas podem ter a mesma ideia, nunca se sabe...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas a Daphne é suspeita de plagiar duas obras. E hoje, eu descobri que a Sucessora se assemelha a uma obra de José de Alencar.Será que a dita cuja plagiou?
      Nunca saberemos, rs...

      Excluir

Seu comentário é importante para mim.
Deixe sua opinião, pois vou amar saber o que você pensa!