Sejam bem-vindos(as) e sintam-se convidados(as) a participar do blog Filósofo dos Livros com sugestões, comentários, críticas, dúvidas, compartilhamentos ou só com um “oizinho” de vez em quando!

domingo, 29 de maio de 2016

Resenha: Jack & Alice, de Jane Austen, Editora Martins Fontes

Olá, Ávidos Leitores!
Quando adquiri o exemplar de "Jack & Alice", de Jane Austen, sabia que o conto foi escrito em sua fase adolescente. Ouvi rumores que seria uma obra publicada somente para agradar os fãs de Austen, visto que ela não se encontra suficientemente amadurecida.
Tendo em mente essas informações, comecei minha leitura cheio de preconceitos. Minha motivação era conhecer as características de sua escrita em início de carreira, e depois, ler seus livros para perceber traços de sua evolução.
Capa da Obra
Fui imensamente surpreendido. Descobri que Jane Austen nasceu como autora. Seu talento é notório desde sua adolescência. O conto curto de apenas 76 páginas, que pode ser devorado em menos de 15 minutos, deixa os leitores perplexos diante da sabedoria da autora.
Jane Austen demonstra maestria, e por meio de sutis ironias conduz seus leitores a uma reflexão profunda sobre alguns males da sociedade. Tudo, que ela narra, tem um toque de humor sofisticado e inteligente que impressiona os mais qualificados fãs. Trata-se de uma obra cult.
A história começa com um baile de máscaras para comemorar o aniversário do sr. Johnson. Antes de narrar os acontecimentos ocorridos na festa, Jane apresenta os personagens de sua obra, esboçando seus defeitos. Depois, prossegue falando das fantasias dos convidados. Evidencia-se que as máscaras simbolizam os defeitos mais proeminentes de cada um. Por exemplo, uma senhorita fantasiava-se de Inveja, sua maior falha.
Lombada fininha
Durante os festejos, os personagens tiram suas máscaras e enchem a cara de bebida. Todos necessitaram ser carregados para retornar a seus lares. Podemos afirmar que, depois da festa, a história começa de verdade. Durante três meses, o baile de máscaras rendeu muito assuntos entre os moradores da aldeia de Pammydiddle. Para satisfazer uma curiosidade, o nome da aldeia significa Cidade da Farsa.
Dentre os assuntos, o mais comentado foi Charles Adams, por causa de sua beleza, riqueza e vaidade.
O que serão esses dados na contracapa?
Alice surge como protagonista, e manisfesta sua paixão por Adams. A donzela seria a figura perfeita de mulher, se não fosse dada a bebedeiras. 
Nesse segundo momento da narrativa, as ações e os diálogos dos personagens trazem à tona as piores deformações do ser humano: inveja, hipocrisia e falsidade. Alice partilha suas impressões dos acontecimentos com Lady Willliams, uma viúva que se expressa de maneira confusa.
De maneira inesperada, surge uma personagem que atende pelo nome de Lucy, vinda de outra localidade visando o amor de Adams. Pequenas surpresas ocorrem com o desenrolar do enredo, inclusive o assassinato de um dos personagens. Entretanto, a surpresa maior acontece no final do conto. Confesso que ri e imaginei a Jovem Austen gargalhando ao pensar na reação de seus leitores. Encontro-me rindo até agora. Jane Austen é Jane Austen sempre.
O livro traz bonitas ilustrações
Seu conhecimento sobre psicologia, tendo como destaque o lado mais sombrio da humanidade, desperta o fascínio de quem lê sua obra. Lamento ter nascido diante de sua época. Seria um prazer enorme entabular diálogos com essa figura irônica e inteligente.
Embora, o conto se desenvolva de maneira coerente, ele nos deixa uma pergunta: Quem é Jack? O titulo da obra é "Jack & Alice", porém não aparece nenhum Jack em suas páginas. Pesquisei na internet e outros leitores faziam o mesmo questionamento. Ninguém tinha uma resposta. 
Além de dar CINCO ESTRELAS no Skoob, favoritei o livro.
Espero que vocês tenham gostado dessa resenha, não deixem de comentar e aproveitem para seguir o blog pelo GFC. Basta clicar no PARTICIPE DESSE SITE que se encontra na coluna ao lado esquerdo.
Abraços e até breve.

10 comentários:

  1. Uau! Não fazia ideia da existência desse livro! Sou grande fã de Jane Austen, tudo que ela escreve é de uma imensa sabedoria. Pretendo ler o mais rápido possível <3
    Parabéns pela resenha! Muito boa mesmo ~*
    persuasaoliteraria.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz com sua visita. Você já leu Lady Susan?
      É outra obra pouco conhecida da autora.
      Abraços!!!

      Excluir
  2. Parabéns pela resenha. Muito bem escrita por sinal. Esse livro me parece ser bem engraçado de se ler. Forte abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado, meu amigo. Muita paz e luz em sua vida!!!

      Excluir
  3. Resenha incrível, Mas fiquei curiosa, quem é Jack? haha"" amei e com certeza irei ler o livro.

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  5. Tenho uma forte sensação de que Jack e Adams seja a mesma pessoa! Obs: Eu não li esse livro, é somente um palpite, abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom Palpite Luciano, quando eu ler vou tentar descobrir. haha!!

      Excluir
    2. Amigos, essa resposta não se encontra no livro, rs.. Nem sequer Jack é mencionado, rs... Mistérios de Jane Austen, kkkk

      Excluir

Seu comentário é importante para mim.
Deixe sua opinião, pois vou amar saber o que você pensa!