Sejam bem-vindos(as) e sintam-se convidados(as) a participar do blog Filósofo dos Livros com sugestões, comentários, críticas, dúvidas, compartilhamentos ou só com um “oizinho” de vez em quando!

quinta-feira, 16 de junho de 2016

Desabafos de uma escritora e amante das obras nacionais, por Emilly Amite

Olá, Amigos Literários!
Hoje, trago um artigo do "Projeto: Fala, Amigo!!!". A nossa convidada é a autora Emilly Amite que faz parte do time da Editora Tribo das Letras. Em seu texto, ela compartilha seus desabafos que são tão comuns a tantos escritores de nosso Brasil. Leiam e não se esqueçam de dar sua opinião.

Estamos em plena era tecnológica, quando tudo é muito acessível e onde podemos aprender qualquer coisa com um vídeo do Youtube! Podemos conseguir todos os tipos de informações na internet, livros, músicas, filmes, séries e etc. Está tudo ao alcance de um “click” e mesmo assim, muitos autores talentosos são descartados sem ao menos ter seus trabalhos avaliados! 
Mesmo com todas as facilidades de enviar materiais por e-mail, que facilita a vida dos autores e das editoras, muitas das grandes editoras se recusam a receber esses “materiais eletrônicos” com mil e uma desculpas, pedindo que enviemos os originais impressos e não nos dando nenhuma garantia de que serão ao menos avaliados, já outras simplesmente recusam a receber, pois dizem ter muitos originais para avaliar, mas a verdade é muito mais simples que isso, elas não dão o devido valor aos autores brasileiros! Elas querem apenas os Best Sellers internacionais sem nem pensar nos Best Sellers nacionais que podem estar recusando! Muitos autores talentosos têm ótimos livros escondidos em suas gavetas ou em seus HDs, pois não têm nenhuma esperança quanto ao seu trabalho, tão desvalorizado pela nossa própria cultura de “Endeusar” tudo que vem de fora e desprezar nacionais por ter a mente limitada a “tudo que é brasileiro, é inferior"! E isso não se resume só aos autores nacionais! Séries, filmes e muitos músicos excelentes longe do merecido reconhecimento por conta da desvalorização do que é nacional. Existem muitos que são valorizados, claro, mas são poucas as portas que se abrem para os anônimos. 
E para piorar, pessoas que nem mereciam, recebem reconhecimento por algo que não tem nenhum valor! Livros que não foram nem trabalhados são lançados com pompas e grande destaque, mas que no fundo não tem nenhum conteúdo de verdade. Não quero citar nomes, mas exemplos disso são os livros de Youtubers. Colocam qualquer besteira em um livro, enchem de fotos, usam uma fonte Arial Black 60 e fazem um livro de duzentas páginas para seus fãs comprarem. E eles compram! Incentivam uma pessoa que não tem nenhum talento a “escrever” por conta do dinheiro que ganham com isso! Um autor de verdade escreve por amor! A escrita é uma das mais nobres artes, uma das mais belas formas de se expressar e dar ao mundo uma nova visão, mostrar novos mundos que os autores criam por amor à fantasia, à magia de criar novos horizontes e incentivar as pessoas a imaginarem milhares de possibilidades! Um livro tem o poder de mover o mundo, se não o mundo todo, pelo menos o mundo de quem está lendo! Livros têm a capacidade de transformar a vida das pessoas, suas expectativas, suas esperanças e seu modo de encarar a vida! 
É muito triste quando vemos o trabalho de anos de alguém ir parar na caixa de spam de alguma editora e um livro escrito em vinte e quatro horas, cheio de fotos e frases “Modinha” ir parar nas prateleiras de destaque das livrarias! Dói ver autores nacionais com obras magníficas se endividando para ter sua obra publicada e às vezes não ter nenhum destaque, virar só mais um livro escondido nas prateleiras das livrarias ou apenas nas estantes digitais! Está mais do que na hora de darem o devido valor a quem escreve de verdade! Estamos na era da informação, um vídeo, um post, um blog falando de um livro que temos tanto trabalho pra fazer, é mais do que o suficiente para arrancar lágrimas de alegria de nossos olhos, pois é só isso que nós realmente desejamos, queremos ser lidos! Queremos nossas obras divulgadas e expostas como a verdadeira obra de arte! Nós somos autores brasileiros e queremos que os nossos livros sejam os livros em destaque! Sei que muitos de fora são bons, maravilhosos e que muitos deles são os que nos inspiraram a escrever, mas não acha que nós já estamos grandinhos? Queremos estar entre os grandes também, simplesmente por que amamos escrever e é isso que gostamos de fazer!

Então, qual é a opinião de vocês? Aproveito para lembrar que, em breve, teremos o lançamento do livro "Do outro lado do Espelho", escrito pela Emilly, publicação da Editora Tribo das Letras. Fiquem ligados no blog para saber mais informações sobre a obra.

Abraços.

16 comentários:

  1. Sensacional a matéria da Emilly! Concordo com o que ela escreveu. Infelizmente a maioria dos brasileiros que costumam ler com frequência, ainda optam por livros estrangeiros. Existem muitos livros bons, obras primas, e muita porcaria também por aqui, mas também lá fora idem, a porcaria não é exclusividade somente do Brasil. Eu já li vários livros estrangeiros bem fracos, que beiram o ridículo. Agora temos que admitir quando uma obra estrangeira é boa de fato, ela vira quase que instantaneamente um Best seller. O que eu vejo também é que os escritores de fora são mais criteriosos e pesquisam à fundo o que escrevem. Aqui no Brasil, são poucos assim tão criteriosos e pesquisadores. Porém nos ultimos anos a nossa querida literatura nacional cresceu bastante, e vemos cada dia mais obras de qualidade aqui no Brasil, de Norte a Sul, livros e livros com estórias sensacionais. Precisamos cada vez mais valorizar o que é produzido aqui, somente assim poderemos quem sabe algum dia sermos reconhecidos como GENTE GRANDE e talentosa. Forte abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Adorei ler sua opinião, Luciano. Fico feliz em saber que a Emilly também gostou!!!!

      Excluir
  2. Showw Maga do meu coração, você descreveu muito bem as dificuldades de um autor(a) nacional, infelizmente no Brasil"modinhas" são mais valorizados do que meses ou até anos de dedicação de um autor escrevendo sua obra, parabéns pelo artigo Emilly <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Cristy!!!
      Um dia venceremos as modinhas!!!

      Excluir
  3. Excelente matéria, Emilly! Disse tudo.
    Parabéns ao Fernando por publicar está opinião.
    Grande abraço
    JM Alvarez

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu devo agradecer a todos que participam tanto colaborando com artigos, bem como dando sua opinião nos comentários. Fico feliz com sua presença, JM Alvarez!!!

      Excluir
  4. Excelente matéria, Emilly! Disse tudo.
    Parabéns ao Fernando por publicar está opinião.
    Grande abraço
    JM Alvarez

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Agora, falta um artigo seu, JM!!!
      Estou no aguardo!!!

      Excluir
  5. Emilly... O que dizer? Você disse tudo!Mas ainda acredito que esta nova geração de autores da qual fazemos parte está mudando o cenário! Não podemos desanimar e deixar de escrever... Isso é o mais importante! E tomara que o nosso reconhecimento chegue em breve...

    ResponderExcluir
  6. Emilly... O que dizer? Você disse tudo!Mas ainda acredito que esta nova geração de autores da qual fazemos parte está mudando o cenário! Não podemos desanimar e deixar de escrever... Isso é o mais importante! E tomara que o nosso reconhecimento chegue em breve...

    ResponderExcluir
  7. VC me fez chorar... É tudo que tenho a dizer.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também chorei, Brendo.
      A Emilly sabe comover!!!

      Excluir
    2. Obrigada! não era a minha intenção fazer chorar, apenas trazer isso para que os leitores tomem atitude e nos coloquem um pouco mais acima nas metas de leitura!

      Excluir

Seu comentário é importante para mim.
Deixe sua opinião, pois vou amar saber o que você pensa!