Sejam bem-vindos(as) e sintam-se convidados(as) a participar do blog Filósofo dos Livros com sugestões, comentários, críticas, dúvidas, compartilhamentos ou só com um “oizinho” de vez em quando!

domingo, 31 de julho de 2016

7 Dificuldades de Um Escritor Brasileiro (Veja Como Vencê-las)

Olá leitores, tudo bem?
Como ser escritor em um país onde a média de livros lidos por pessoa é de 4 ao ano?
Onde desses quatro, três são didáticos e apenas um é lido por hobby?
Pois eu te digo que há sim possibilidade de alcançar tal objetivo. Veja a seguir as 7 maiores dificuldades de um escritor brasileiro, e ao final desse artigo você estará munido de estratégias para vencê-las!

1. Conciliar Trabalho e Escrita
Quem se sustenta apenas de livros no Brasil que atire a primeira pedra.
Calma Paulo Coelho, solta esse tijolo.
Para certificar-se de que a rotina diária de ter que trabalhar e garantir seu salário no final do mês não irá prejudicá-lo na escrita, é necessário estratégias.
Separe um tempo para escrever, nem que seja meia hora por dia.
Levar um caderninho e uma caneta para o trabalho também é uma ideia valida, você pode utilizá-los na hora do intervalo.

2. Publicar
Vivemos em um país onde infelizmente a literatura internacional é mais valorizada que a nacional. Para um escritor brasileiro conseguir uma vaga em uma grande editora é tão difícil quanto o Palmeiras disputar uma libertadores.
No entanto, existem algumas saídas para aqueles que sonham em ver suas histórias ganhado o mundo.
Uma das mais utilizadas recentemente tem sido a auto-publicação, que é quando o escritor banca a publicação do seu livro, tal ação funcionando como um investimento, se o livro bombar o escritor não só receberá seu dinheiro de volta como também poderá adquirir lucros em cima disso.
Existem editoras ótimas nesse ramo e vale apena pesquisar.

3. Divulgar Seu Trabalho
Não é de hoje que sabemos que quem não é visto não é lembrado.
E talvez seja essa uma das maiores dificuldades dos escritores brasileiros: verem seus livros se tornando apenas mais um em uma prateleira qualquer.
E se você quiser algo bem feito meu amigo vai ter que fazer você mesmo.
A editora pelo qual você está publicando o livro deve se responsabilizar sim pela divulgação da sua obra, no entanto, ninguém mais do que você poderá fazer isso com afinco necessário para troná-la um sucesso.
Hoje existem diversas formas de divulgar seu trabalho, se destacando entre elas: as redes sociais, blogs literários, o YouTube, e ferramentas como booktraillers e sorteios podem auxiliar na hora de anunciar o seu livro.

4. Vender o Seu Produto
Vivemos em uma geração onde vender uma remessa de 200 livros se tornou sinônimo de sucesso, quando na verdade é uma grande frustração para aqueles que sonham em vender milhares e milhares de exemplares.
Nesse quesito vence quem é mais sábio. Seja criativo, inove, arrisque ideias que ninguém arriscou. Só assim você conseguirá fazer a diferença. E nunca, nunca desista.

5. Encontrar Parceiros Comprometidos
Afinal ninguém quer mandar um exemplar do seu livro para qualquer pessoa que apenas estará usufruindo do seu trabalho sem compromisso algum não é mesmo?
Parcerias se tornaram uma grande ferramenta para tornar seu livro conhecido. Mas há aqueles também que só querem se aproveitar dos outros, por isso, esteja esperto, procure saber mais sobre o trabalho da pessoa com quem irá fechar parceria antes de sair enviando exemplares para qualquer um.

6. Lidar Com Críticas Negativas
Nem Michael Jackson agradou a todos, quanto mais o seu livro.
Receber críticas negativas faz parte da vida de qualquer artista que decide expor seu trabalho para outras pessoas. Saber lidar com essas críticas é necessário.
Se você confia no valor da sua obra, não há motivos para ficar discutindo com outras pessoas só porque ela não gostou dela.

7. A Falta de Apoio
Ter que conviver com a rejeição por parte dos seus familiares ou amigos quando o assunto é você ser escritor não é nada legal.
Porém, como culpá-las?
Você optou por uma opção que está no ranking da desvalorização Brasileira, mas é o que você gosta de fazer.
Nem sempre você receberá o apoio necessário para seguir em frente, mas esteja ciente de uma coisa, você deve ser sua própria coluna de apoio.
Qual é sua opinião sobre esse assunto?
deixe-a nos comentários!

3 comentários:

  1. Essas dicas são de um cara que passa por essa situação, Brendo você ainda vai chegar lá, não pare de acreditar, eu acredito em você

    Ps, sempre misturando realidade com um toque de humor kk

    ResponderExcluir
  2. Obrigado João, humor sempre né!!! Rsrs

    ResponderExcluir
  3. Brendo, meu amigo, parabéns.
    Curto demais seus artigos!!!

    ResponderExcluir

Seu comentário é importante para mim.
Deixe sua opinião, pois vou amar saber o que você pensa!