Sejam bem-vindos(as) e sintam-se convidados(as) a participar do blog Filósofo dos Livros com sugestões, comentários, críticas, dúvidas, compartilhamentos ou só com um “oizinho” de vez em quando!

terça-feira, 24 de janeiro de 2017

Estarei Aqui, de Daya Alves, Editora Coerência

Olá, Galera Literária!
Faz tempo que não ria tanto com um livro. Concluí a leitura de Estarei Aqui, de Daya Alves, uma publicação da Editora Coerência.
A obra começa com uma espécie de tragédia. Parecia que se fundamentaria em um fato triste e frustrante, mas a autora criou uma reviravolta tão incrível e ao mesmo tempo realista, que até os fatos trágicos se transformaram em comédia e fizeram-me enxergar os benefícios de certos sofrimentos. De repente, aquilo que parecia perdido tornou-se o anúncio de algo muito melhor.
Estarei Aqui é um delicioso chick lit. Sei que alguns homens nutrem preconceitos contra esse gênero literário. Eu, particularmente, adoro e enxergo uma leitura rica para o público masculino. A autora nos conta a história de Paloma, uma linda moça cujo maior sonho era de se casar. Depois de catorze anos de dedicação de sua vida a um homem, descobre-se traída. O seu mundo ruiu. Vivendo esse momento de tragédia, ela conhece o homem quase perfeito: lindo, atlético e compreensivo. Paloma se encantou com essa figura e "sem esperar o falecido esfriar", entregou-se a um novo amor.
Justamente, a partir dessa entrega, que o livro se torna exageradamente engraçado e nos proporciona altas gargalhadas. A protagonista é atrapalhada e azarada.  Em sua vida, acontece cada coisa! Fiquei surpreso com a criatividade da autora em elaborar as cenas mais incríveis para a nossa personagem. A Lei de Murphy encontrou um rico espaço em cada página do livro. Nessas tragédias, o tom bem-humorado de escrita de Daya Alves me fez rir do começo ao fim. É como que se a autora quisesse defender a tese de que mesmo em meio às tragédias da vida, pudéssemos encarar tudo com leveza e alegria. A obra me fez acreditar que todo mal se converte em algo melhor. No fim de tudo, até os piores acontecimentos nos trazem enormes benefícios.
Cadu traiu Paloma, porém Enrico surgiu para acolhê-la e compreendê-la em todos os acidentes e azares que a vida lhe causa. O par romântico da protagonista pareceu até irreal em alguns momentos devido ao seu excesso de amor; mas se pararmos para pensar bem, notaremos que existem homens raros como ele.
Mesmo com esse tom de humor, a obra não se restringiu a uma simples leitura de entretenimento. Estarei Aqui tem um potencial enorme como objeto de reflexão. Terminei a obra, coloquei o humor entre parêntesis e refleti sobre todos os acontecimentos. Descobri a enorme capacidade filosófica do livro que levou-me a pensar em muitas questões presentes na realidade humana tais como frustração, renovação da vida, o erro de julgar fatos de forma precipitada, amor, perdão, etc.
Esse livro com uma capa linda e engraçada nos engana quando parece uma leitura ingênua. Estarei aqui não tem nada de ingênuo, é um obra que nos desperta para enxergamos que todo erro e fracasso podem ser convertidos em sucesso.
Parabenizo a autora Daya Alves pela sua criatividade. Não posso me esquecer de elogiar a Editora Coerência que realizou um lindo trabalho na arte da capa, diagramação e revisão. Enfim, temos um livro merecedor de aplausos. Para essa obra, concedi CINCO ESTRELAS no Skoob.
Confesso que vi alguns errinhos de digitação, mas eles são tão pequenos diante de tantas qualidades que não justificariam a retirada de alguma estrela na classificação da obra.
Caso, você se interesse em adquirir um exemplar desse livro, clique aqui.
Abraços e até a próxima postagem.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é importante para mim.
Deixe sua opinião, pois vou amar saber o que você pensa!