Sejam bem-vindos(as) e sintam-se convidados(as) a participar do blog Filósofo dos Livros com sugestões, comentários, críticas, dúvidas, compartilhamentos ou só com um “oizinho” de vez em quando!

sábado, 6 de maio de 2017

Por que o Brasileiro não lê?


Olá, Galera Literária!!!
Na página Brasiliterário, encontrei a imagem acima. Como vocês podem ver, ela nos explica o motivo pelo qual o povo brasileiro não lê. Mas será que isso é verdade?
Acredito que muitas pessoas tenham a real dificuldade para comprar livros. É fato que livros são caros, entretanto discordo de que isso seja o verdadeiro motivo para o povo não ler.
Em minha infância, não podia comprar livros. Porém nunca deixei de lê-los. Na escola, havia algo chamado biblioteca. Já ouviram falar desse ambiente? Para quem não sabe, é um local onde as pessoas podem pegar livros emprestados e lê-los em casa. As pessoas não pagam nada por isso, sabiam?
Eu fui considerado campeão de leitura pela bibliotecária da escola. Ela até me deu alguns livros de presente, visto meu interesse pelos livros. Lembro de uma coleção da Editora Ática chamada Para Gostar de Ler. Devorei todos os livros dessa coleção.
Vejo também que o problema não são os preços altos. Nunca vi um fumante reclamar da falta de dinheiro para comprar os seus cigarros. Até lembro de meu falecido pai. Ele não tinha dinheiro para comprar livros para mim, pois afirmava que eles eram caros. No entanto, papai sempre comprava os cinco maços de cigarro para consumir em um dia. Tenho amigos que consomem até 7 maços. Por curiosidade, fui à padaria perguntar o preço de um maço e descobri que, dependendo do cigarro, o valor fica entre R$ 5,00 até R$ 7,00. Farei o cálculo pelo preço mais baixo. Imagine uma pessoa que consuma 5 maços diários. Isso significa que ela gastaria R$ 25 reais ao dia. Em um mês de 30 dias, ela terá gasto R$ 750,00. Fiquei impressionado com esse resultado. 
Além de gasto com vício do cigarro, pessoas gastam com cerveja. Nem vou fazer o cálculo. Também vemos pessoas sempre com o celular último tipo e outros gastos desnecessários. Os seres humanos dizem que livros são caros, mas a questão é que não gostam de ler mesmo. Isso não quer dizer que não apreciem os enredos das obras, pois vemos filmes, séries e novelas baseados em livros fazendo um enorme sucesso. O nosso povo gosta de tudo pronto e não quer se dar ao trabalho de ler.
O que vocês acham disso? Concordam comigo? Deixem suas opiniões nos comentários.
Conheçam o Canal Literário Filósofo dos Livros. Clique aqui.
Abraços.

4 comentários:

  1. Muito bom seu texto, porém muito crítico e exagerado. Destaco aqui o exemplo dos cigarros.Cara nunca ngm vai fumar 7 maços d cigarros por dia! 7 maços equivalem a 140 cigarros pois cada maço contém 20 cigarros, tbm até hoje não conheci ngm q fume 5 maços por dia, 5 maços são 100 cigarros diários e isso é muito até para um fumante. Eu sou fumante e já fumei até 2 maços por dia, hoje fumo menos. O exemplo do cigarro e inverossímel até para um fumante compulsivo, tente outro exemplo na próxima. Mas além d fumante eu sou um leitor assíduo e compulsivo e preço d livros nunca foram problema pq eu fui apresentado à biblioteca muito cedo, nos primórdios da minha vida. O problema do brasileiro ler pouco é pq é nossa cultura, é mania q o brasileiro tn d ser preguiçoso para certas coisas e não somos influenciados pra leitura. Já viu algum comercial d livros na tv? Muito raro isso acontecer, os pais não lêem e por isso não incentivam os filhos e assim por diante. O problema do brasileiro ler pouco nunca foram os preços dos livros, mas a cultura brasileira q não tm nada a ver cn leitura.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O fato de você não fumar 7 maços não prova que não existam pessoas que não o faça. E sobre cinco maços, eu tive meu pai que cometia esse ato insano e morreu por causa do cigarro. No dia 17 de maio, ele completa 5 anos de falecimento. Metade de seu pulmão estava deteriorado.
      Mas no importante, concordamos. O povo não tem problema com o preço verdadeiramente. A questão é a cultura.
      Obrigado pelo comentário.
      Abraços!!!

      Excluir
  2. Oi, Fernando! Muito bom esse assunto. Eu acredito que o principal causador para o brasileiro não ler é que, desde cedo não fomos educados com o hábito da leitura. Certamente essa regra tem suas exceções, mas em se tratando de um país de dimensões continentais como o Brasil, a porcentagem dos que leem é muito pequena, uma parcela insignificante diante do restante da população. O problema maior é cultural e creio que dificilmente esse quadro irá mudar, infelizmente. Quanto ao preço de um livro ser caro eu discordo. As pessoas em geral gastam dinheiro com coisas de seu interesse e, sabemos que, o livro para a maioria da população está longe de ser prioridade de interesse para elas. Mas para quem lê, a mesma compra o livro independentemente do preço, simplesmente porque o livro é um objeto de seu interesse e, além do mais, essa pessoa acaba adquirindo conhecimentos importantes que levará para o resto de sua existência aqui na Terra. Para mim isso é muito necessário, pena que, a maioria trata o livro como sendo um simples objeto sem valor algum. Tenho de ser grato pelo que a escola e meus pais fizeram por mim, incentivando-me a ler e, isso para mim não tem preço. Abração Fernando!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Luciano. Muito obrigado pela participação. Ainda sonho em ver pessoas comprando muitos livros!!!!
      Abraços!!!

      Excluir

Seu comentário é importante para mim.
Deixe sua opinião, pois vou amar saber o que você pensa!