Sejam bem-vindos(as) e sintam-se convidados(as) a participar do blog Filósofo dos Livros com sugestões, comentários, críticas, dúvidas, compartilhamentos ou só com um “oizinho” de vez em quando!

sábado, 29 de julho de 2017

Anna Vestida de Sangue, de Kendare Blake, Verus Editora


Olá, Galera Literária!!!
Quem acompanha meu Blog e meu Canal Literário,  já sabe que somente trago coisas boas. Faço tudo com muito carinho para que vocês possam ter as melhores novidades. Nesses últimos dias, tive a alegria de realizar uma leitura espetacular para cumprir dois desafios da #MLI2017 (Maratona Literária de Inverno 2017):
- Ler um livro que escolhi pela capa;
- Ler um livro que eu não conhecia a sinopse.
A obra escolhida foi Anna Vestida de Sangue, de Kendare Blake, publicação da Verus Editora. Esse livro reúne diversos fatos inusitados que cativam e despertam a curiosidade do leitor. É impossível não se apaixonar por seu enredo.
A história vai nos falar de Cas, um adolescente que herdou uma estranha profissão de seu pai: matar pessoas falecidas. Já ouviram falar disso? Já viram alguém matar gente morta? Eu nunca vi, mas é isso que acontece no livro.
O Pai de Cas morreu no exercício da profissão, ou seja, quando ele tentava matar um morto, acabou sendo morto pelo morto (risos). Agora, nosso adolescente segue a figura paterna. Para isso, ele tem um athame (punhal) que é capaz de cortar, fazer sangrar e matar gente falecida.
Segundo a obra, não importa como a pessoa viveu. O que marca o falecido é o seu tipo de morte. Se a pessoa teve uma morte cruel, isso ficará impresso em sua alma. Então, o morto se torna assassino de pessoas vivas.
Logo, no início do livro, temos uma cena de ação muito bem feita, onde Cas mostra todo seu potencial na tarefa de matar um falecido bem perigoso. Após seu sucesso, ele e sua mãe partem para outra cidade. A mãe de Cas é uma bruxa wicca e realiza rituais religiosos de bruxaria. Ela tem um gato chamado Tibalt que consegue enxergar a presença de pessoas mortas. Nesse local novo, o protagonista deve executar uma fantasma bem perigosa: a Anna Vestida de Sangue.
A partir dessa mudança é que a história começa verdadeiramente. O que tivemos antes foi uma espetacular introdução a toda trama que nos faz situar no tema do livro. Nesse momento novo, Cas é matriculado em uma nova escola e faz amizades com adolescentes bem interessantes. Ele também consegue algumas rivalidades, afinal o mundo não é perfeito.
A preocupação inicial é conseguir informações sobre Anna para descobrir a melhor forma de matá-la. Não detalharei muita coisa, mas afirmo que a história se desenvolve de maneira bem curiosa e envolvente. Somos contemplados com cenas que envolvem violência, sangue e pitadas de romance. No capítulo 15 do livro, ocorre a cena mais brutal de todas, aquela cena que me deixou enojado e com vontade de chorar. A única coisa que me incomodou no livro foi o final. Senti que ele foi uma mera cópia de um filme antigo que assisti. Parece que faltou criatividade por parte da autora, ou talvez ela tenha sacrificado um final estupendo para criar algo ameno que possibilitasse uma possível continuação. Creio que um livro tão bom poderia ser acabado nesse volume sem menor prejuízo. A história ficaria bem redondinha.
Por causa dos motivos elencados, classifiquei a obra com QUATRO ESTRELAS no Skoob. Caso tenha interessa de adquirir o livro, clique aqui. Você também pode assistir a minha resenha em vídeo logo abaixo:


Abraços!

2 comentários:

  1. Eu tô louco pra ler esse livro há muito tempo! Amei a resenha, Nando! <3

    Abraços.
    Alex, do Um Bookaholic. <3

    umbookaholic.com | Canal | @umbookaholic: Twitter | Instagram

    ResponderExcluir
  2. Olá, Alex!
    Que felicidade ao ler seu comentário!!!
    Quando ler, conte-me tudo sobre suas impressões!!!
    Abração!!!

    ResponderExcluir

Seu comentário é importante para mim.
Deixe sua opinião, pois vou amar saber o que você pensa!